Pesquisas

Novo APE para construção de desempenho

Novo APE para construção de desempenho


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

o novo APE, Certificado de Desempenho Energético para Edifícios, é uma inovação importante em termos de economia e eficiência. E depois da fase de transição usual, o documento se tornou uma ferramenta operacional.

Também porque a partir de 1º de outubro de 2015 o 'Diretrizes nacionais para a certificação energética de edifíciosIntroduzido pelo Ministério do Desenvolvimento Econômico (MiSE) para superar as reservas da União Europeia sobre a aplicação na Itália da diretiva da UE sobre eficiência energética.

Seguimos para a ação. A principal mudança introduzida pelo novo APE é o aumento de 7 para 10 nas classes de eficiência energética do edifício. No novo certificado de desempenho energético, os edifícios são classificados da classe G (a mais baixa) à classe A (a mais alta), estando esta última dividida em mais 4 níveis: da classe A4 (eficiência máxima) à classe A1 (eficiência mínima).

As inovações introduzidas por novo APE conforme referido, são a aplicação das 'Directrizes nacionais para a certificação energética de edifícios' lançadas pelo MiSE. Além do modelo a ser utilizado, daí a subdivisão em 4 da classe A anterior, as novidades do novo APE dizem respeito a algumas regras para a redação do certificado.

Lembramos que oCertificado de Desempenho Energético é o documento que atesta o desempenho energético de uma única unidade imobiliária ou de um edifício inteiro. Estes desempenhos são calculados com indicadores de consumo associados às classes de eficiência energética a que pertencem. EU'ABELHA também é obrigatório no caso de o imóvel ser vendido ou alugado.

Um formato único para anúncios imobiliários

o novo APE exige a utilização de um formato único, válido em todo o país, para comunicar claramente aos usuários o desempenho energético do edifício, por meio de anúncios imobiliários, no caso de venda ou aluguel do imóvel. A este respeito, o decreto de 26 de junho de 2015 diz literalmente: '' No caso de uma oferta de venda ou arrendamento, os anúncios correspondentes, feitos através de todos os meios de comunicação comercial, relatam os índices de desempenho energético do envelope, o índice de desempenho energético global do edifício ou propriedade renovável e não renovável, e a classe de energia correspondente. Para o efeito, é obrigatória a utilização, com exclusão dos anúncios na Internet e impressos, do formato referido no Anexo C das Orientações aprovadas por este decreto ».

Quem emite o APE

O decreto do Presidente da República de 16 de abril de 2013, n. 75 estabelece que oCertificado de Desempenho Energético pode ser elaborado por:

  • técnicos qualificados;
  • organismos públicos e organismos de direito público que operam nos setores da energia e da construção;
  • organismos públicos e privados habilitados a exercer atividades de fiscalização no setor da construção, acreditados pelo organismo de acreditação italiano;
  • empresa de serviços de energia (ESCo - Energy Service Company).

Certificados de 'mesa' não são permitidos. Na verdade, a lei especifica que 'A pessoa autorizada a redigir oABELHA deve efectuar pelo menos uma inspecção ao edifício ou imóvel sujeito a certificação, a fim de encontrar e verificar os dados necessários à sua preparação ».



Vídeo: De tre apene Bruse - Eventyr med animasjon (Junho 2022).